O NATAL COM O SEU MELHOR AMIGO

As comidas deliciosas, a árvore de natal e as suas decorações, o presépio e os presentes podem colocar em risco a saúde do seu amigo de quatro patas.


Época de convívio em família, de troca de presentes e de muitos “petiscos” à mesa, o Natal também pode ser um dos momentos mais perigosos para o seu animal de companhia. 
 
ATENÇÃO REDOBRADA À MESA
Durante toda a época natalícia, as casas ficam recheadas de comidas deliciosas. Deve ter em atenção que existem alimentos inofensivos para os humanos, mas que são tóxicos para cães e gatos e trazem problemas de saúde graves. 
 
Procure evitar o contacto ou fácil acesso a alimentos como:
- Chocolate, uma vez que contém teobromina, uma substância tóxica para os cães e gatos. Mesmo em pequenas quantidades pode ter consequências negativas como: agitação, alterações gastrointestinais, ritmo cardíaco irregular, tremores e convulsões, podendo ser fatal;
- Passas, uvas e bolos de frutas são tóxicos, mesmo que ingeridos em pequenas quantidades, causam vómito, diarreia e letargia. Em casos mais graves, conduz a uma insuficiência renal;
- Cebola e alho, presentes na maioria das refeições, contêm tiossulfato que pode levar à destruição dos glóbulos vermelhos e provocar anemia, fazendo com que os animais fiquem mais prostrados;
- Bebidas alcoólicas são tóxicas para os cães e gatos. Podem originar vómitos, diarreia, dificuldades respiratórias, tremores e até a morte.
 
 
 
 
 
PRESENTES SEM MÁS SURPRESAS
Na altura de abrir os presentes tome todo o cuidado. O papel de embrulho e as fitas que os caracterizam podem causar asfixia ou obstruções gástricas. Deve manter a maior vigilância aos brinquedos de pequenas dimensões, incluindo aqueles que trazem pilhas. Quando ingeridos podem causar queimaduras químicas e intoxicação devido aos metais pesados que as compõem.
 
ÁRVORE DE NATAL SEMPRE VIGIADA
Na hora de acender as luzes da árvore de Natal e de escolher as fitas e as decorações mais bonitas, certifique-se de que os seus pets não têm acesso a este “parque de diversões”, enquanto sai para trabalhar (ou mesmo se está ausente dessa divisão da casa). Os enfeites da árvore de natal despertam a atenção principalmente dos gatos, pois parecem brinquedos divertidos. Por isso, não é incomum ingerirem pedaços longos de fita que obstruem o aparelho digestivo, causando vómitos e diarreias e, nalgumas vezes, é necessária a remoção cirúrgica dos mesmos. As luzes e os fios elétricos também representam um perigo e deve colocá-los fora do alcance do seu animal de estimação, para evitar um choque potencialmente mortal ou queimaduras. Por último, atenção às plantas decorativas, como por exemplo o azevinho ou a flor-de-natal, que geram lesões graves quando ingeridos.
 
Desfrute de um Natal e um Bom Ano Novo prósperos, em paz e harmonia, sem nunca descurar a segurança e o conforto do seu animal de companhia. 
 
As medidas preventivas e a supervisão em permanência irão garantir o bem-estar de todos. 
 
Em caso de acidente, nunca hesite em contactar imediatamente o médico veterinário!

PET B HOME | 2019-12-15