NÃO LIMPAR XIX PODE DAR MULTA PARA OS TUTORES

Os tutores de animais de companhia em Gijon, Espanha, vão ter que passar a sair à rua, para além do saco plástico, com uma garrafa de água com sabão ou água misturada com vinagre para reduzir o efeito corrosivo da urina dos cães.


Segundo o El Comercio a Câmara Municipal de Gijón vai incluir na sua nova portaria regulamentadora para a proteção e posse de animais de companhia , atualmente na fase preliminar, a obrigação de limpar e dissolver a urina de cães com água e desinfetante, nos locais públicos.

Esta medida vai servir para mitigar “os danos” que a urina dos cães está a causar atualmente em equipamenos urbanos revestidos de metal (os candeeiros por exemplo) e nas montras e fachadas de edifícios.

As multas por violar esta obrigação ainda não estão definidas para Gijon, mas nas cidades este regulamento já está em vigor, a não limpeza da urina pode levar a multas que variam entre os 75 e os 1.500 euros.

Os responsáveis pelasaúde animal municipa de Gijon explicam que os tutores dos cães terão que mudar os seus hábitos e fazer caminhadas com seus animais de companhia munidos com uma garrafa de água e algumas gotas de algum produto com sabão não poluente, embora também possam misturá-lo com vinagre comum.

EL COMERCIO | 2019-10-27