CÃO SEM CHEIRO A CÃO

Descubra quais as principais raças que não têm o "cheiro a cão" que tanto incomoda alguns tutores e porque razão algumas delas têm mais odor do que outras.


Quantas vezes não deu por si a dar banhos e banhos ao seu cão e ele tem sempre um "perfume" intenso a cão? Pois, o "cheiro a cão" pode ser um problema para alguns  tutores, mesmo tendo todos os cuidados de higiene com o seu animal de companhia. Contúdo, existem algumas raças de cães sem odor, ou com menor odor do que os outros, isto deve-se  às suas caraterísticas na pelagem ou a alguns hábitos como a higiene, alimentação ou até o estado de saúde do seu cão.
 
Existem vários fatores que contribuem para o odor dos cães, desde a higiene, a sua alimentação, o tipo de pelo e a sua pele.
 
- ALIMENTAÇÃO
Opte sempre por uma alimentação adequada ao seu cão (raça, idade, atividade diária ou estado de saúde). Uma nutrição desiquilibrada pode ter como consequência a falta de alguns nutrientes fundamentais, tendo como consequência problemas de pele e a perda de pelo.
 
- TIPO DE PELO
Tenha sempre em conta o tipo de pelo do seu cão. É normal que cães com pelo mais longo precisem de cuidados diários. Quanto mais longo for o pelo, com maior facilidade embaraça e retêm "resíduos" que provocam mau cheiro. Cães de pelo longo precisam de ser escovados diariamente.

- PELE
Os cães tem glândulas que produzem gordura responsável pelo odor característico dos cães. A pele e as glândulas sebáceas e sudoríparas têm diferentes substâncias que lhes permitem não só "comunicar" entre si, como é através deste processo que se realiza o arrefecimento corporal dos cães.
 
- HIGIENE
Mantenha os hábitos de higiene como o banho e a escovagem para evitar que o animal tenha um odor marcado. Outro detalhe importante, utilize sempre um champô apropriado ao pelo do seu cão.
 
ALGUMA VEZ PENSOU PORQUE RAZÃO O CÃO TEM, POR VEZES UM CHEIRO TÃO ATIVO?
Por vezes o cheiro do seu cão não se deve apenas a razões de higiene ou da alimentação, mas sim devido a uma hipotética situação de saúde, como uma infeção:
 
- Otites (raças com orelhas caídas têm maior propensão para este tipo de problemas, mas devem ser tomados cuidados com qualquer cão).
- Dermatites ( problemas na pelo podem ser causados por bactérias ou fungos e pode surgir mau odor generalizado).
- Mau hálito (inflamações como estomatite, gengivite, abcessos, tártaro podem fazer com que o seu cão apresente um cheiro desagradável da boca).
- Glândulas anais (todos os cães possuem duas glândulas na zona do ânus que servem para facilitar a expulsão das fezes e também para comunicarem entre si).


AS 7 RAÇAS DE CÃES SEM CHEIRO A CÃO

SHIH TZU





DÁLMATA

 
 
 
 HUSKY SIBERIANO



 
WHIPPET



 
BOSTON TERRIER

 
 

SCHNAUZER

 


CÃO DE CRISTA CHINÊS

 
 
Seja qual for o tipo de cão, raça ou pelagem, nunca se esqueça que os cuidados básicos de higiene, como a escovagem diária e os banhos regulares fazem parte das dinâmcas de bem estar do seu companheiro de quatro patas, bem como a garantia de uma alimentação saudável que preencha todos requisitos nutricionais. Se notar que o seu cão apresenta um odor mais intenso do que o normal deve consultar o seu médico veterinário.

SITE PET B HOME | 2019-07-13